O que é BIM

SEIL/DGI - Atualizado em Outubro de 2021

 

BIM ou Modelagem da Informação da Construção é definido como uma metodologia de trabalho baseada em processos colaborativos, multi e interdisciplinares que envolve profissionais de diversas áreas, como Arquitetura e Urbanismo, Engenharias, Tecnologia da Informação e Comunicação, entre outros, por meio do uso de diferentes plataformas tecnológicas que possibilitam a construção virtual e a simulação de empreendimentos.

Conforme Eastman (2014), “É um dos mais promissores desenvolvimentos da indústria relacionada à Arquitetura, Engenharia e Construção (AEC). Com a tecnologia BIM, um modelo virtual preciso de uma edificação é construído de forma digital. Quando completo, o modelo gerado computacionalmente contém a geometria exata e os dados relevantes, necessários para dar suporte à construção, à fabricação e ao fornecimento de insumos necessários para a realização da construção” [1].

Considerando que o BIM permeia todo ciclo de vida do empreendimento, desde o estudo de viabilidade até os processos de manutenção e gerenciamento de ativos, é possível afirmar que a adoção do BIM é uma forma de garantir maior transparência aos processos licitatórios e otimizar os procedimentos de fiscalização de projetos e obras, bem como, de gestão de ativos. Os ganhos com o uso do BIM são inúmeros e isso se comprova pelo fato de muitos países tornarem a utilização da metodologia uma obrigatoriedade, a exemplo do Chile, Singapura, Reino Unido, Estados Unidos, entre outros.

 


[1] EASTMAN, Chuck [et al.] “Manual de BIM: um guia de modelagem da informação para arquitetos, engenheiros, gerentes, construtores e incorporadores. Tradução: Cervantes Gonçalves Ayres Filho. Porto Alegre: Bookman, 2014. p. 1.